ÁREA PRIVADA | SITE INSTITUCIONAL | FORMAÇÃO CREDITADA
PARA ACEDER À SUA ÁREA RESERVADA, POR FAVOR INSIRA OS SEUS DADOS DE ACESSO
C.PROF.  PASS. 
Active a sua
password de acesso.
 
Obtenha/Recupere a
password de acesso
HomePage Prémio de Investigação Científica
Prémio de Investigação Científica Professora Doutora Maria Odette Santos-Ferreira
A Direção Nacional da Ordem dos Farmacêuticos (OF) atribui periodicamente um Prémio de Investigação Científica com o nome da farmacêutica, investigadora e professora universitária Odette Ferreira, dando a todos a distintíssima referência da sua vida e obra e visando promover a investigação científica no domínio da Saúde Pública realizada por farmacêuticos portugueses.

O Prémio de Investigação Científica Professora Doutora Maria Odette Santos-Ferreira tem o Alto Patrocínio de Sua Excelência e consiste na atribuição de um montante de 10.000 euros aos investigadores do projeto distinguido, na entrega do respetivo diploma em cerimónia pública e na publicação do resumo pela OF, podendo também, caso o júri assim o delibere, ser atribuídas Menções Honrosas, que são distinguidas com a atribuição do respetivo diploma.

O júri integra várias personalidades ligadas à área farmacêutica e à Saúde, em geral, sendo comporto por Francisco Carvalho Guerra, que preside, António Hipólito de Aguiar, Clara Carneiro, Constantino Sakellarides, Henrique de Barros, José Pereira Miguel, Margarida Caramona e Patrícia Cavaco Silva.

Ao longo da sua vida, Maria Odette dos Santos-Ferreira tem contribuído decisivamente para valorizar e prestigiar o papel do farmacêutico na sociedade portuguesa. Entre muitos outros aspetos, a professora catedrática jubilada da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa distinguiu-se pelos estudos que realizou no domínio da infeção pelo vírus da imunodeficiência humana.

Além do mérito na investigação e descoberta do VIH tipo 2, que teve um impacto enorme na epidemiologia e no diagnóstico da infeção pelo VIH, Odette Ferreira distinguiu-se também pela sua ação a nível pedagógico e cívico, nomeadamente através da criação e animação de estruturas de difusão de conhecimentos e de apoio a doentes com infeção pelo VIH/sida.

Durante oito anos, entre 1992 e 2000, assumiu a coordenação da Comissão Nacional de Luta Contra a Sida, por nomeação do ministro da Saúde, Arlindo de Carvalho, tendo desenvolvido inúmeros projetos com impacto significativo na prevenção e disseminação da doença, entre os quais o programa de troca de seringas nas farmácias “Diz não a uma seringa em segunda mão”, que teve como finalidade diminuir o risco de transmissão por via endovenosa do VIH/sida e de outras doenças transmissíveis (hepatite B e C) à população toxicodependente e que ainda hoje está em curso nas farmácias comunitárias portuguesas.

Maria Odette Santos-Ferreira tem recebido várias homenagens e distinções. Entre outras, foi nomeada pelo governo francês, em 1975, “Chevalier dans l’Ordre des Palmes Academiques”, pelo seu desempenho no fortalecimento da cooperação científica entre Portugal e França, e, em 1987, “Chevalier de la Légion d’Honneur”, pelo talento e mérito que a levaram a uma descoberta da maior relevância no quadro das investigações da sida.

Em Portugal, o Presidente da República atribui-lhe, em 1988, o “Grau de Comendador da Ordem Militar de Sant’Iago de Espada”, pelo renome internacional granjeado que muito contribuiu para o prestígio de Portugal.

Também a OF reconheceu o seu mérito científico e profissional, bem como o importante contributo para o prestígio e valorização da profissão. Em 1989, foi distinguida com a Medalha de Honra OF e, 23 anos depois, em, 2012 recebeu a Medalha de Ouro da OF, a mais alta distinção atribuída pela instituição que representa os farmacêuticos portugueses.

Para mais informações, consulte o site dedicado ao prémio.

ANEXOS E OUTRAS INFORMAÇÕES
 
clique na lupa para pesquisar 
ROF n.º118 Jan-Mar 2017