Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi
Título de Especialista em Genética Humana
ESPECIALIDADE EM GENÉTICA HUMANA: candidaturas até 31 de janeiro (artigos 35.º e 36.º das Normas para Atribuição do Título de Especialista em Genética Humana)

O Conselho do Colégio de Especialidade de Análises Clínicas e de Genética Humana da Ordem dos Farmacêuticos (CCEACGH-OF) informa que o prazo para submissão de candidaturas à atribuição do título de Especialista em Genética Humana, ao abrigo do regime transitório previsto nas Normas para Atribuição do Título de Especialista em Genética Humana (artigos 35.º e 36.º), decorre até 31 de janeiro de 2018, quer para os atuais especialistas em Análises Clínicas, quer para os farmacêuticos com reconhecida experiência na área da Genética.

Regime Transitório

As Normas para Atribuição do Título de Especialista em Genética Humana estabelecem um período transitório para atribuição desta especialidade aos candidatos especialistas em Análises Clínicas pela OF e aos farmacêuticos que exerçam a sua atividade em Genética Humana por um período igual o superior a 8 anos.

Farmacêuticos especialistas em Análises Clínicas

Os atuais detentores do título de Especialista em Análises Clínicas poderão submeter a sua candidatura ao título de Especialista em Genética Humana até 31 de janeiro de 2018, mediante apresentação do seu curriculum vitae. A avaliação das candidaturas e a atribuição da especialidade decorre até 31 de julho de 2018.

Farmacêuticos com experiência mínima de 8 anos na área da Genética

Os farmacêuticos não especialistas em Análises Clínicas que exerçam a sua atividade em Genética Humana por um período mínimo de 8 anos podem submeter a sua candidatura ao título de Especialista em Genética Humana até 31 de janeiro de 2018, mediante apresentação do seu curriculum vitae. Após avaliação das candidaturas, os candidatos deverão prestar provas curriculares a realizar até 31 de julho de 2018.

A equivalência ao título de Especialista em Genética Humana, será atribuída tendo em linha de conta, principalmente, os seguintes aspectos:
  1. Possuir o título de Especialista em Análises Clínicas pela OF;
  2. Encontrar-se em situação regular perante a OF;
  3. Demonstrar, através do curriculum vitae a submeter, que possuí experiência ou desenvolve atividade laboratorial na área de Genética (ver Normas de elaboração do Curriculum vitae).

Informações para candidatura

As despesas associadas ao processo de candidatura e atribuição do título de especialidade são da exclusiva responsabilidade do candidato.

O processo de avaliação da candidatura está sujeito ao pagamento do montante de 135 euros, que terá que ser feito no ato de entrega da documentação de candidatura. O pagamento através de transferência bancária poderá ser efectuado para o IBAN – PT 50 0033 0000 0018 2339 7280 5, sendo da responsabilidade do candidato a entrega do respectivo comprovativo de transferência.

Os candidatos aprovados na prova de avaliação final terão de efectuar o pagamento adicional de 190 euros para conclusão do processo de atribuição do título de especialista.

Mais se informa que, em caso de desistência, o candidato não terá direito ao reembolso do montante pago.

Para mais informações, contacte a Ordem dos Farmacêuticos através do e-mail colegios.especialidade@ordemfarmaceuticos.pt.