Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Resultados

Eleições Triénio 2019-2021

RESULTADOS

Terminado o período de votação, nas sedes das Secções Regionais e na sede nacional da Ordem, em Lisboa, procede-se ao apuramento final dos votos.

A Comissão Eleitoral providencia a instalação de uma Assembleia Geral de Apuramento, a qual será constituída pelos presidentes das Mesas das Assembleias Regionais que, de entre si, designarão o presidente.

Até ao dia seguinte ao sufrágio, os presidentes das Mesas de Voto remetem à Assembleia Geral de Apuramento, em lotes lacrados e devidamente separados, os boletins de voto acompanhados pela ata, cadernos eleitorais e demais documentos.

A Assembleia Geral de Apuramento reúne na sede nacional da Ordem até ao segundo dia posterior ao sufrágio e, na presença de todos os mandatários das listas, procede à abertura de todos os envelopes recebidos para o exercício do direito de voto por correspondência.

Efetuada a operação de apuramento dos votos por correspondência, as urnas serão abertas e proceder-se ao apuramento global, somando os votos por correspondência aos votos recebidos das Secções e Delegações Regionais.

Efetuado o escrutínio, a Assembleia Geral de Apuramento procede à elaboração de uma ata final, após o que proclamará os candidatos eleitos e fará publicar os resultados num jornal diário de circulação nacional até três dias depois e nos órgãos de comunicação oficiais da Ordem.

Terminado o escrutínio e feita a proclamação, os resultados serão imediatamente afixados na sede nacional da Ordem e comunicados de forma expedita às Secções Regionais do Centro, Norte e Sul e Regiões Autónomas, bem como às Delegações Regionais dos Açores e da Madeira.

A Comissão Eleitoral dos Colégios de Especialidade executará também todas as operações respeitantes ao apuramento do sufrágio, devendo elaborar a ata final e proclamar os candidatos vencedores até ao dia seguinte do sufrágio.