Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

A continua evolução do conhecimento científico e tecnológico, observada com particular incidência nos anos mais recentes, permitiu, por parte dos profissionais de saúde, mas também do doente, uma nova a forma de encarar a doença oncológica.

A cada vez mais precoce identificação e diagnóstico da doença oncológica, o desenvolvimento e implementação de novas terapêuticas, mais eficazes e mais dirigidas à doença, com grande foco na imunoterapia, proporcionou uma melhoria significativa no prognóstico e na qualidade de vida dos doentes.

As expectativas geradas são grandes, como grandes são os desafios dos profissionais de saúde.

A maior literacia em saúde obriga estes profissionais a estarem cada vez mais bem preparados para fazer frente às maiores exigências dos doentes.

Estarão os profissionais de saúde conscientes e preparados para, no âmbito da sua prática profissional, corresponderem ao que hoje lhes é exigido pelo avanço do conhecimento e maior literacia do doente? Qual a expectativa do doente oncológico?

A Ordem Farmacêuticos convida-o a estar presente, no simpósio” Formação dos Profissionais de Saúde. Quais as expectativas do doente oncológico?”, que decorrerá na sede da Secção Regional do Norte da Ordem dos Farmacêuticos, no dia 20 de fevereiro, entre as 21:00 e as 24:00 horas.

A inscrição é gratuita, e obrigatória e pode ser feita através do link: https://forms.gle/SPU5G6xwQqjTjG7QA

Programa

Palestrantes:

Dra. Dalila Veiga, Secção regional do Norte da Ordem dos Médicos.

Enfº. Jorge Freitas, Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros.

Dra. Florbela Braga, Secção Regional do Norte da Ordem dos Farmacêuticos.

Moderadores:

Prof. Doutor Franklim Marques, Presidente da SRN.

Prof. Doutor Rui Medeiros, Liga Portuguesa contra o cancro.