Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Agências europeias querem mais notificações de reações adversas

19 Novembro 2018
Pelo terceiro ano consecutivo, os chefes das agências europeias do medicamento, por via do Working Group of Communications Professional, realizam a Semana de Consciencialização para as Reações Adversas aos Medicamentos, dando visibilidade ao tema nas redes sociais, páginas eletrónicas das agências e meios de comunicação social. O grande objetivo da iniciativa é incentivar a notificação de reações adversas por profissionais de saúde, doentes e cidadãos.

A campanha vai dar visibilidade ao tema da notificação de reações adversas, reforçando mensagens relacionadas com a farmacovigilância e sensibilizando os agentes e a sociedade em geral para a importância de comunicar problemas relacionados com medicamentos às autoridades.

Este ano, a campanha irá também focar eventuais reações adversas associadas à toma de medicamentos por crianças, mulheres grávidas, a planear engravidar ou a amamentar, numa associação às comemorações do Dia Universal da Criança, a 20 de novembro.

Está prevista a participação de 32 países (24 países europeus, Austrália, México, Nova Zelândia, Colômbia, Equador, El Salvador, Iraque e Jordânia), bem como colaboração na divulgação por parte da Comissão Europeia, EMA e EURORDIS.