{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Associações setoriais assinam memorando para implementação de sistema europeu de verificação de medicamentos

21 Outubro 2016
Associações setoriais assinam memorando para implementação de sistema europeu de verificação de medicamentos
A Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica, a Associação Portuguesa de Medicamentos Genéricos e Biossimilares, a Associação de Grossistas de Produtos Químicos e Farmacêuticos, a Associação Nacional das Farmácias e a Associação de Farmácias de Portugal assinaram no dia 17 de outubro um memorando de entendimento para criação, em Portugal, de um sistema europeu de verificação de fármacos, capaz de travar a fraude.
A Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica, a Associação Portuguesa de Medicamentos Genéricos e Biossimilares, a Associação de Grossistas de Produtos Químicos e Farmacêuticos, a Associação Nacional das Farmácias e a Associação de Farmácias de Portugal assinaram no dia 17 de outubro um memorando de entendimento para criação, em Portugal, de um sistema europeu de verificação de fármacos, capaz de travar a fraude.
    
O acordo foi assinado na presença do ministro da Saúde, que manifestou o apoio técnico e político do Governo para a concretização do sistema, que os parceiros querem que comece a funcionar em 2019.

O sistema pretende dar resposta ao problema da contrafação de medicamentos na União Europeia, reforçando a segurança e a eficácia do processo de controlo do circuito do medicamento, desde o seu fabrico até à sua venda ao público.

A implementação do Sistema Europeu de Verificação de Medicamentos enquadra-se na diretiva europeia relativa aos medicamentos falsificados e pretende reforçar a segurança, a eficácia e a integridade dos medicamentos, garantindo a rastreabilidade ao longo do circuito.

A diretiva tem como objetivo evitar que medicamentos falsificados cheguem ao doente, através da deteção prévia pelas autoridades competentes e/ou pelos parceiros da cadeia de abastecimento do medicamento.