{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Bastonária pede reunião com presidente da associação de municípios para analisar alterações aos horários e turnos das farmácias

27 Julho 2017

Na sequência das notícias publicadas na comunicação social sobre a proposta de alteração ao diploma que regula horário de funcionamento das farmácias, bem como o regime de turnos e disponibilidade a que estas unidades de saúde estão sujeitas, a bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF) escreveu ao presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Manuel Machado, a explicar os termos gerais do parecer da OF que foi enviado à tutela e a solicitar uma reunião para debater as implicações das alterações previstas.

Ana Paula Martins recordou que a OF manifestou a sua concordância com a reorganização dos horários e turnos preconizada na proposta do Governo, fundamentalmente por se consagrar um novo modelo de assistência farmacêutica e medicamentosa às populações, em especial junto dos cidadãos mais carenciados.

Conforme explicou no ofício, inicia-se nos próximos dias um projeto-piloto na região de Bragança que visa exatamente a dispensa de medicamentos ao domicilio em situações de urgência e manifesta necessidade. "A OF acompanhará a evolução em torno desta iniciativa e saberá retirar as suas conclusões, nomeadamente em termos de acessibilidade, qualidade e proximidade dos cuidados”, assegurou a bastonária.

Não obstante, é convicção da dirigente da OF que esta alteração será benéfica para os doentes, para as farmácias e para o próprio sistema de saúde. "A OF jamais seria favorável a uma iniciativa legislativa que prejudicasse o acesso dos cidadãos aos cuidados de saúde”, insistiu