Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Dois terços dos australianos querem expansão do serviço de vacinação por farmacêuticos

25 Outubro 2018
Dois terços dos australianos querem expansão do serviço de vacinação por farmacêuticos
Sessenta e quatro por cento dos australianos acreditam que os farmacêuticos devem ser capazes de administrar vacinas comuns que atualmente são administradas apenas por médicos, de acordo com um novo estudo da Pharmaceutical Society of Australia (PSA).
Sessenta e dois por cento (n = 1.023) citaram como benefício a conveniência na administração destes medicamentos. A alteração de medidas legislativas nos níveis estaduais e territoriais permitiria que os farmacêuticos administrassem vacinas para viajantes, assim como vacinas contra doenças como a tosse convulsa e a doença meningocócica, da mesma forma que as vacinas contra a gripe estão disponíveis em todo o país, segundo a PSA. Cerca de 250.000 australianos foram vacinados contra a gripe diretamente numa farmácia, desde abril de 2018, de acordo com a PSA.

Consulte a notícia na íntegra aqui.