Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Estados Unidos atingem novo recorde de infeções sexualmente transmissíveis

30 Agosto 2018
Pelo quarto ano consecutivo, o número de casos de infeções sexualmente transmissíveis (IST) aumenta nos Estados Unidos da América, confirmando uma tendência preocupante, revela o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC). Em 2017, foram diagnosticados 2,3 milhões de infeções por clamídia, gonorreia e sífilis, um aumento de cerca de 8,7% face ao ano anterior.
Os dados, ainda preliminares, de 2017 mostraram um aumento em cerca de 67% dos casos de gonorreia desde 2013, registando-se a marca do meio milhão de casos.  O maior aumento verificou-se nos homens, onde os casos quase duplicaram.

No que diz respeito à sífilis, o aumento rondou os 76% face a 2013, contabilizando-se os 30 644 casos.

As infeções por clamídia continuam a representar a maior fatia de casos de IST em 2017. São mais de 1,7 milhões de casos, 45% dos quais estão associados a mulheres entre os 15 e os 24 anos.

O comunicado do CDC refere ainda a preocupação com o desenvolvimento de gonorreias resistentes a antibióticos e a urgência de novas alternativas terapêuticas.

Consulte a notícias na integra aqui.