{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Farmacêuticos e médicos entregam proposta conjunta de Manual de Boas Práticas Laboratoriais

25 Julho 2018
Farmacêuticos e médicos entregam proposta conjunta de Manual de Boas Práticas Laboratoriais
As Ordens dos Farmacêuticos (OF) e dos Médicos (OM) entregaram ontem no Ministério da Saúde uma proposta conjunta para atualização do Manual de Boas Práticas Laboratoriais, um dos principais referenciais para atividade dos laboratórios de análises clínicas e de patologia clínica. Datado de 2001, a revisão deste Manual assume particular relevância e urgência, em virtude do desenvolvimento tecnológico, da evolução da prática profissional e da própria organização do sistema de saúde.

A proposta foi entregue pelo presidente do Conselho do Colégio de Especialidade de Análises Clínicas e de Genética Humana (CCEAGH-OF), Rui Pinto, e pelo presidente do Conselho Regional do Centro da OM, Carlos Cortes.

As Ordens respondem assim à solicitação do Ministério da Saúde para envio de contributos para a atualização do Manual de Boas Práticas Laboratoriais (Despacho n.º 8835/2001, de 27 de abril), que sustenta tecnicamente toda a atividade dos laboratórios clínicos.

Durante este processo, o CCEACGH-OF redigiu uma proposta de revisão do documento, que colocou em Consulta Pública, em especial junto dos farmacêuticos analistas clínicos, com o objetivo de receber comentários e sugestões que o pudessem enriquecer. Alguns destes contributos foram incorporados na versão que esteve depois em discussão com a OM.

A OF consultou também as associações setoriais, procurando deste modo auscultar as perspetivas dos operadores e dos profissionais sobre o documento.

Com esta iniciativa, as duas Ordens consensualizam as linhas gerais de um documento legal estruturante para todo o setor, impulsionando a atualização de um Manual já com 17 anos de vigência.