{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Farmacêuticos hospitalares europeus lançam novo inquérito sobre ruturas de medicamentos

14 Novembro 2019
Há exatamente um ano, a Associação Europeia de Farmacêuticos Hospitalares (EAHP) divulgou as conclusões de um inquérito sobre as faltas de medicamentos nos hospitais europeus, mostrando que o fenómeno se acentuou entre 2014 e 2018. A associação vai agora alargar o âmbito deste estudo a todos os profissionais de saúde que trabalham em ambiente hospitalar, bem como aos utentes dos serviços de saúde.

A EAHP está preocupada com o aumento das faltas de medicamento nos hospitais, porque afeta a qualidade e a segurança dos cuidados prestados aos doentes. Sem acesso em tempo útil à medicação que necessitam, os utentes correm um risco acrescido de deterioração do seu estado de saúde.

Por outro lado, os profissionais de saúde despendem cada vez mais tempo a resolver problemas relacionados com a escassez de alguns medicamentos, em detrimento do tempo que passam com os seus doentes.

A pesquisa que a EAHP vai agora desenvolver procura investigar as razões e o impacto para os doentes da escassez de medicamentos nos hospitais europeus, procurando também apontar possíveis soluções. A investigação deste ano terá como alvo todos os profissionais de saúde que trabalham no ambiente hospitalar, bem como os utentes que sofreram escassez de medicamentos durante os internamentos.

Deste modo, a EAHP espera reunir mais evidência para apresentar à Comissão Europeia e assim persuadir a realização de uma investigação em toda a Europa sobre as causas da escassez de medicamentos na comunidade e no setor hospitalar.

A pesquisa e o inquérito da EAHP está acessível de 7 de novembro a 13 de janeiro através desta ligação: https://www.surveymonkey.com/r/EAHP2019MedicinesShortagesSurvey.