{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Farmacêuticos no grupo de prioritário para vacinação contra a gripe

29 Setembro 2020
Farmacêuticos no grupo de prioritário para vacinação contra a gripe
Os farmacêuticos comunitários e, de um modo geral, todos farmacêuticos que trabalham em unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e em estabelecimentos com respostas sociais, integram as equipas de saúde que vão começar a ser vacinadas nesta primeira fase da campanha de vacinação contra a gripe sazonal 2020-2021. O SNS disponibilizou 10.000 vacinas para administração aos profissionais que trabalham nas farmácias comunitárias, que estão em contacto próximo com a população e, por isso, com risco acrescido de contágio e transmissão do vírus.
A Norma n.º 016/2020 da Direção-Geral da Saúde inclui os profissionais de saúde que prestam serviço ao público entre os grupos prioritários para vacinação contra a gripe sazonal.

O Ministério da Saúde, a Ordem dos Farmacêuticos e as associações de farmácias asseguraram, no âmbito do acordo para administração de vacinas do SNS nas farmácias comunitárias, a integração das respetivas equipas entre os profissionais abrangidos na primeira fase da campanha de vacinação contra a gripe, que agora se iniciou.

Os farmacêuticos comunitários vêm assim reconhecido um direito e a igualdade de tratamento entre profissionais de saúde que estão na linha da frente da prestação de cuidados de saúde, em permanente contacto com os seus utentes, garantindo o acesso à saúde e a assistência farmacêutica e medicamentosa às populações.

Independentemente da natureza jurídica das unidades em que exercem, os farmacêuticos estão entre as profissões de saúde com funções assistenciais de enorme mais-valia para todo o sistema de saúde e vitais para muito cidadãos, em especial para as populações mais isoladas, desfavorecidas ou com necessidades especiais.

Consulte a Norma n.º 016/2020 para mais informações.