Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

FDA aprova o primeiro dispositivo médico que utiliza inteligência artificial para o diagnóstico

12 Julho 2018
FDA aprova o primeiro dispositivo médico que utiliza inteligência artificial para o diagnóstico
A FDA autorizou no dia 11 de abril deste ano, a comercialização do primeiro dispositivo médico que usa inteligência artificial para detetar retinopatia de gravidade superior a moderada (RGSM) em adultos diabéticos.

"A FDA irá continuar a facilitar a disponibilização de dispositivos médicos digitais, seguros e eficazes, que tenham potencial para melhorar o acesso dos doentes aos cuidados de saúde necessários.” afirmou Malvina Eydelman, médica e diretora da Divisão de Dispositivos Oftalmológicos e Otorrinolaringológicos e Radiologia da FDA.

O dispositivo, chamado IDx-DR, é um programa de software que usa um algoritmo para analisar imagens do olho capturadas com uma câmara apropriada, a Topcon NW400. Um médico envia as imagens da retina do doente para um servidor onde o IDx-DR foi previamente instalado. O software providenciará ao médico um de dois resultados: o primeiro, em que o IDx-DR deteta a retinopatia e referencia o doente para um oftalmologista, ou o segundo, em que o resultado do teste é negativo para a RGSM e informa que o teste deve ser repetido passados 12 meses.

O IDx-DR é o primeiro dispositivo a ser comercializado que oferece uma decisão de rastreio sem a necessidade da intervenção de um clínico para interpretar imagens ou resultados, o que permite que possa ser usado por profissionais de saúde sem qualquer especialização em oftalmologia.