Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

FIP atualiza "statement" sobre informação sobre medicamentos

03 Outubro 2017
FIP atualiza "statement" sobre informação sobre medicamentos
A Federação Internacional Farmacêutica (FIP) publicou uma atualização da sua posição política sobre o acesso e qualidade da informação sobre medicamentos que é disponibilizada aos doentes e profissionais de saúde. A organização entende que deve ser prestada mais atenção e impulsionada qualidade destas fontes de informação.

"Strategic development of medicines information for the benefit of patients and users of medicines é o título da Declaração Política emitida ontem pela FIP, que vem a declaração emitida em 2008, dedicada à informação sobre medicamentos para os doentes.

"As estratégias de informação de medicamentos são entendidas como processos, legislação, diretrizes e/ou políticas que facilitam a forma como a informação de medicamentos pode ser desenvolvida, implementada e disseminada pelos profissionais de saúde, doentes ou consumidores", explicou Parisa Aslani, presidente da Secção de Informação sobre Saúde e Medicamentos da FIP

Os resultados destas estratégias, a curto prazo, incluem uma melhor adesão aos tratamentos, enquanto os resultados a médio prazo incluem uma melhor comunicação entre profissionais de saúde. A longo prazo, estima-se que estas estratégias contribuam para melhores autocuidados dos cidadãos.

A FIP faz recomendações aos governos, organizações-membro e farmacêuticos, mas também à indústria farmacêutica e instituições de ensino, sugerindo, por exemplo a disponibilização de informações regulares, atualizadas e fidedignas.

"A informação sobre medicamentos pode ser imprecisa, esmagadora, tendenciosa ou incompreendida, o que apresenta riscos potenciais para a saúde. É imperativo que as políticas nacionais reconheçam a necessidade de informações sobre medicamentos de qualidade e que essas políticas reconheçam os farmacêuticos como elementos fundamentais para informar os doentes e outros profissionais de saúde sobre medicamentos ", disse Aslani, em comunicado.

A nova declaração sucede o lançamento, em janeiro deste ano, do relatório "Informações sobre Medicamentos: desenvolvimento estratégico", que estabelece linhas de ação e de colaboração para a promover a qualidade da informação sobre medicamentos disponibilizada aos doentes em todo o mundo.