{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Força de trabalho farmacêutica em crescimento

06 Setembro 2018
Força de trabalho farmacêutica em crescimento
A Federação Internacional Farmacêutica (FIP) apresentou durante o 78º Congresso Mundial de Farmácia e Ciências Farmacêuticas os resultados do maior estudo retrospetivo sobre a força de trabalho em farmácias de todo o mundo. O trabalho tem por base os dados fornecidos por organizações membro de mais de 75 países, projetando, até 2030, um crescimento até 40% da força de trabalho nas farmácias.

O relatório "Pharmacy workforce intelligence: Global trends” (aqui) mapeia a capacidade da força de trabalho farmacêutica a nível global e o seu crescimento em regiões e países com diferentes níveis económicos.

Os resultados indicam que países com menores rendimentos tiveram um crescimento mais lento, pelo que os autores alertam para um aumento contínuo da disparidade entre países de com rendimentos diferentes.

Outras tendências importantes descritas no relatório incluem um aumento constante na proporção de mulheres na força de trabalho de farmácia, prevendo-se, até 2030, que 72% do total da força de trabalho farmacêutica será feminina.

Os autores sugerem que este dado se deve se tornar um fator significativo para o planeamento da força de trabalho em muitos países.

A Organização Mundial de Saúde previu uma escassez de 18 milhões de profissionais de saúde em países de baixos e médios rendimentos. "O relatório fornece uma contribuição significativa para uma melhor compreensão das desigualdades persistentes na capacidade da força de trabalho na força de trabalho farmacêutica global. É um ponto de partida para um trabalho mais focado para iniciar discussões sobre abordagens baseadas em necessidades, de acordo com as estratégias da Organização Mundial da Saúde”, disse o autor do estudo, o professor Ian Bates.