{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Infarmed denuncia venda ilegal de medicamentos para emagrecer na Internet

24 Janeiro 2018
Infarmed denuncia venda ilegal de medicamentos para emagrecer na Internet
O Infarmed solicitou o apoio das autoridades internacionais, nomeadamente da Interpol, para impedir a venda ilegal de medicamentos através da Internet no território nacional. O organismo identificou um website e páginas de redes sociais que anunciam a venda de medicamentos destinados ao emagrecimento, incluindo com substâncias que estão suspensas na União Europeia desde 2010, como é o caso da sibutramina. Foram ainda identificados medicamentos com outras substâncias como o clenbuterol, a liotironina ou efedrina, mas existem vários outros destinados a outras patologias, com informações incorretas ou até depreciativas da ação das autoridades e profissionais de saúde.


Em comunicado, o Infarmed informa que já notificou a entidade promotora do website, sediado no Canadá, e da venda online destes medicamentos, tendo dado instruções para que retirasse de imediato todas as referências, sob pena de instauração das sanções previstas na legislação.

Enquanto profissional de saúde com elevada proximidade dos doentes, os farmacêuticos têm um papel privilegiado na educação da população sobre os riscos da compra de medicamentos em websites não autorizados e sem o aconselhamento de um profissional de saúde.

Em Portugal, a venda de medicamentos através da Internet está sujeita a autorização do Infarmed.

Poderá consultar a lista de farmácias e locais de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica autorizadas a disponibilizar medicamentos através da Intenet na página eletrónica do Infarmed.