{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Médicos, farmacêuticos e enfermeiros apelam à vacinação contra a gripe

28 Setembro 2020
Médicos, farmacêuticos e enfermeiros apelam à vacinação contra a gripe
No dia em que se inicia a Campanha de Vacinação contra a Gripe Sazonal 2020-2021, a Direção-Geral da Saúde (DGS) e as Ordens dos Médicos (OM), dos Enfermeiros (OE) e dos Farmacêuticos (OF) dão também início a uma campanha de sensibilização junto dos profissionais de saúde e da população em geral para a importância da vacinação contra a gripe no atual contexto de pandemia de covid-19, em especial pelos grupos prioritários identificados na nova Norma emitida pela DGS.
A partir de hoje, os residentes, utentes e profissionais dos estabelecimentos com respostas sociais, os doentes e profissionais da rede de cuidados continuados integrados, os profissionais do Serviços Nacional de Saúde (SNS) e as grávidas vão receber gratuitamente a vacina contra a gripe sazonal 2020-2021. 

A Norma 016/2020, emitida pela DGS a 25 de setembro, estabelece os grupos prioritários para vacinação contra a gripe, reconhecendo também a necessidade de medidas excecionais e específicas devido ao contexto de pandemia de covid-19, desde logo o início mais precoce da campanha em relação aos anos anterior, mas também a vacinação faseada dos diferentes grupos prioritários e a inclusão de outros profissionais com maior risco de exposição ao vírus.

A primeira fase de vacinação tem então início a 28 de setembro, com a vacinação a decorrer, maioritariamente, nos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) e Unidades Locais de Saúde (ULS), estando comtemplados cenários alternativos e complementares, como a vacinação em farmácias comunitárias.

A segunda fase tem início previsto a 19 de outubro, integrando a vacinação gratuita dos cidadãos com idade igual ou superior a 65 anos. A vacina contra a gripe é também dispensa a toda a população nas farmácias comunitárias, mediante prescrição médica e com comparticipação de 37%, sendo obrigatório registar sua administração, por enfermeiros e/ou farmacêuticos com competência em Administração de Vacinas e Medicamentos Injetáveis, no eBoletim de Vacinas do Registo de Saúde Eletrónico do utente.

Este ano, a DGS, OM, OF e OE assinaram um protocolo de colaboração que prevê o desenvolvimento de ações conjuntas no âmbito da campanha de comunicação sobre a vacinação contra a gripe 2020-2021, desde a produção de materiais e mensagens à sua divulgação junto dos profissionais que cada Ordem representa, bem como à sociedade em geral.