Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

OF e ISCTEM reforçam cooperação no Ensino Farmacêutico

05 Novembro 2018
OF e ISCTEM reforçam cooperação no Ensino Farmacêutico
A Ordem dos Farmacêuticos (OF) de Portugal e o Instituto Superior de Ciências e Tecnologias de Moçambique (ISCTEM) firmaram um protocolo de colaboração na área do Ensino Farmacêutico, para reforçar e capacitar o quadro farmacêutico de docentes do curso de Ciências Farmacêuticas na instituição. O acordo comtempla a participação de professores portugueses na atividade docente do Instituto, abrangendo também o domínio da Investigação Científica, nomeadamente na construção de parcerias para financiamento destas atividades.
A OF e o ISCTEM têm um histórico de mais de 20 anos de ações de cooperação relacionadas com a formação de farmacêuticos em Moçambique, e que permitiram a formação de uma verdadeira classe farmacêutica no país, com um número alargado de farmacêuticos a exercer a profissão nos diferentes domínios da atividade farmacêutica, quer no setor público quer no setor privado.

"Acredito que este acordo possa contribuir para que Moçambique concretize os seus objetivos estratégicos na área de educação e diferenciação dos seus quadros, em particular na área farmacêutica", disse a bastonária da OF, durante a assinatura do protocolo.
O diretor geral do ISCTEM, Maomede Naguib Omar, assegurou também o compromisso da instituição na execução das ações programadas, não apenas ao nível da licenciatura em Ciências Farmacêuticas, mas também a nível pós-graduado e nas atividades de investigação.

O ISCTEM foi a primeira instituição de ensino superior moçambicana a lecionar o curso de Ciências Farmacêuticas no país. Hoje existem mais duas instituições privadas com oferta formativa na área – Universidade Católica e Instituto Superior de Ciências e Tecnologia Alberto Chipande. No setor público, o curso é ministrado em duas universidades: na Universidade Lúrio e na Universidade Zambeze.