{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Portugueses sem restrições no acesso ao medicamento durante a pandemia

01 Outubro 2020
Portugueses sem restrições no acesso ao medicamento durante a pandemia
O “Movimento Saúde em Dia – Não Mascare a sua Saúde” apresentou os resultados de um inquérito para auscultar a opinião e perceções dos portugueses sobre o acesso aos cuidados de saúde neste tempo de pandemia. Mais de metade dos inquiridos considera que a pandemia dificultou o acesso aos cuidados de saúde, mas a quase totalidade dos participantes declarou não ter tipo qualquer tido de limitação no acesso à medicação.
Os dados do capítulo referente ao acesso ao medicamento, referem que 60% dos doentes crónicos que tomam medicamentos dispensados na farmácia hospitalar receberam a sua medicação em casa ou na farmácia comunitária que habitualmente lhes presta assistência.

Este novo serviço articulado entre farmacêuticos hospitalares e comunitários é altamente elogiado pelos doentes crónicos, com 83% dos inquiridos a considerar positivo ou extremamente positivo e 76% a defender a sua continuação mesmo após o período pandémico.

O estudo foi realizado pela GfK Metrics para o Movimento promovido pela Ordem dos Médicos e Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares.

Responderam ao inquérito mais de 1.000 pessoas maiores de 18 anos, residentes em Portugal Continental.

Clique para consultar o estudo "Acesso a cuidados de saúde em tempos de pandemia".