{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Prémio Pegadas para Serviços Farmacêuticos do CHCB

02 Março 2018
Prémio Pegadas para Serviços Farmacêuticos do CHCB
DIFH - Divulgar Iniciativas em Farmácia Hospitalar é a designação do projeto iniciado no ano passado pelo Conselho do Colégio de Especialidade de Farmácia Hospitalar da Ordem dos Farmacêuticos (CCEFH-OF) para promover a partilha de boas práticas nas farmácias hospitalares portuguesas. Os 11 projetos submetidos na edição deste ano, 9 dos quais apresentados durante as X Jornadas de Farmácia Hospitalar, juntam-se aos 10 da primeira edição, abrangendo áreas como a produção, oncologia, infeciologia, dispositivos médicos e gestão em Farmácia Hospitalar. O conhecimento e os procedimentos testados e adotados ficam assim ao dispor de todos os colegas.
O projeto apresentado pelos Serviços Farmacêuticos do Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB), na Covilhã, para Registo de Intervenções Farmacêuticas dos Serviços Farmacêuticos foi distinguido com o "Prémio Pegadas - deixe a sua marca no percurso da Farmácia Hospitalar”, no valor de 1.500 euros, atribuído pelo CCEFH-OF ao melhor projeto desenvolvido por farmacêuticos portugueses na área da Farmácia Hospitalar, cujo contributo permita disponibilizar a todos os farmacêuticos, em especial aos farmacêuticos desta área, projetos, procedimentos, boas práticas e iniciativas de relevo para a sua prática diária.
 
A equipa liderada por Olímpia Fonseca desenvolveu, em colaboração com o Serviço de Informática do CHCB, uma base de dados digital que permite o registo das intervenções farmacêuticas realizadas no Serviço Farmacêutico, garantindo a sua rastreabilidade e uma avaliação qualitativa e quantitativa das atividades do farmacêutico hospitalar nas suas diferentes áreas de atuação.

Esta ferramenta foi desenvolvida em Access e está disponível para todos os colaboradores farmacêuticos, que podem assim registar as suas intervenções diárias. Desde o início do projeto, em 2010, foram registadas 3.611 intervenções farmacêuticas, com um impacto económico estimado de quase 500 mil euros.

À semelhança do que que é feito em vários outros países europeus, a informação gerada nesta plataforma assume especial importância na melhoria contínua dos cuidados assistenciais, mas também na demonstração da diversidade de atividades desenvolvidas pelos farmacêuticos nos hospitais.

"Queremos que esta ferramenta seja útil para todos os profissionais que trabalham nas instituições hospitalares, sejam farmacêuticos ou técnicos de diagnóstico e terapêutica, contribuindo para o uso racional do medicamento”, disse a diretora técnica do Serviço Farmacêutico, Olímpia Fonseca.

O CCEFH-OF reconheceu o caráter inovador do projeto desenvolvido no CHCB e o seu potencial para utilização em outras unidades de saúde, destacando também a evidência produzida por este procedimento de registo de intervenções farmacêuticas.

Poderá consultar esta e todas as restantes DIFH desenvolvidas por farmacêuticos hospitalares portuguesas no microsite dedicado ao projeto.