{ordemfarma/noticias/detalhes/head}
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Farmacêuticos são essenciais para manter a confiança nos medicamentos

30 Maio 2019
Um estudo promovido pela Agência Holandesa de Medicamentos (CBG-MEB) revelou elevados níveis de confiança nos medicamentos pelos cidadãos holandeses. O relatório destaca ainda o papel do farmacêutico como um dos principais fatores que fortalecem essa confiança.

Os 5 fatores mais influenciam a confiança em medicamentos são:

1. quão bem o medicamento funciona;
2. quão bem o médico ou farmacêutico informa o utente;
3. efeitos secundários dos medicamentos;
4. embalagem com um idioma diferente;
5. a troca de medicamentos.

Em termos de confiança em diferentes fontes de informação sobre medicamentos, os entrevistados deram as seguintes pontuações:

1. Médicos - 95%;
2. Farmacêuticos - 87%;
3. Folheto Informativo - 71%;
4. Funcionários de parafarmácias e supermercados - 33%;
5. Internet - 15%.

Em termos de confiança em medicamentos disponíveis em diferentes canais de distribuição, os entrevistados deram as seguintes pontuações:

1. Medicamentos de venda livre da farmácia comunitária: 7/10
2. Medicamentos de venda livre de parafarmácias: 6,7 / 10
3. Medicamentos de venda livre de supermercados: 6,3 / 10
4. Medicamentos de venda livre disponíveis na Internet: 4.6 / 10

Consulte o estudo na íntegra aqui.