Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi

Notícias

Madeira inicia dispensa de medicamentos hospitalares nas farmácias comunitárias

07 Novembro 2018
Madeira inicia dispensa de medicamentos hospitalares nas farmácias comunitárias
As farmácias comunitárias da Região Autónoma da Madeira vão colaborar com os serviços farmacêuticos hospitalares sempre que se verifiquem constrangimentos na dispensa de medicamentos no ambulatório hospitalar. O acordo assinado ontem entre a Associação Nacional das Farmácias e o Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira prevê a possibilidade dos utentes recorrerem às farmácias comunitárias da região, sempre que existam falhas de abastecimento, ruturas de stock ou outras dificuldades na dispensa de medicamentos de distribuição gratuita nos hospitais.

"O protocolo abrange uma série de medicamentos importantes, nomeadamente na área dos doentes oncológicos, insuficientes renais e transplantados”, realçou o secretário Regional da Saude, Pedro Ramos, citado pela Lusa.

Por sua vez, o presidente da ANF, Paulo Cleto Duarte, destacou o facto de se estabelecer, "pela primeira vez na região autónoma”, uma ligação direta do hospital às farmácias, "em casos muito concretos, devidamente controlados”.

O objetivo deste acordo "é impedir que os utentes do Serviço Regional de Saúde se vejam, ocasionalmente, privados dos referidos medicamentos, esgotadas as demais vias de contratação”, pode ler-se no protocolo. O Governo Regional considera "de imperioso interesse público” possibilitar o aviamento direto nas farmácias, assumindo o SESARAM os respetivos encargos.